O QUE EU FIZ: Ajudar a construir a parte teste de uma horta orgânica.

UMA HISTÓRIA: Conheci Carol Fernandes, apresentando o Vira Volta - um site sobre "transformação pessoal através de viagem longo prazo. Uma volta pelo mundo, uma virada na vida.".

Me apresentei e contei a ideia do One Day Hand, ainda com poucos dias de vida. Em poucas palavras, ela já tinha entendido toda a essência do projeto e já havia feito a primeira proposta genuína do projeto:

Ajudar ela, grávida, a construir uma horta para que ela pudesse alimentar, ensinar e conscientizar sua filha e outras crianças a importância do cultivo orgânico.

Uma proposta de trabalho como deve ser - com um propósito e relevância. 

Fui para a casa da Carol, bem quebrado do dia 12 e com poucas horas de sono, atrasado para fazer o trabalho pesado e e provavelmente não aguentaria levantar nem uma pá.

Quando cheguei, encontrei metade de um piso já quebrado, um casal de amigos e a Carol, com um barrigão, dando um duro para construir aquela horta.

Nessa hora, esqueci o cansaço e comecei a trabalhar. Porque são dias como esse que faz o One Day Hand valer a pena. Um propósito e relevância. 

O QUE APRENDI: Aprendi mais sobre terra e cultivo orgânico. Aprendi que a linha do pedreiro é importante. Aprendi a fazer um buraco.

EM POUCAS PALAVRAS: Não é fácil cavar 30cm. 

CULTIVO ORGÂNICO - HAND HOURS: +6h  
O QUE GANHEI: $

Comment